quinta-feira, 10 de maio de 2012

Sonhamos..mas agora é tempo de acordar!


(imagem Google)

Este blog foi idealizado e realizado para falar sobre tudo que envolve o ser Madrinha de casamento, mais de uma vez escrevi sobre a escolha das madrinhas e de seu importante papel.
Já fui madrinha de casamento de uma grande amiga do colégio, quando tinha apenas 22 aninhos, e serei novamente madrinha de casamento de meu amigo e irmão de fé Lucas; o que estes apadrinhamentos tem em comum? Sem dúvida são pessoas especiais em minha vida, mas sou amiga de longa data de um ou de outro, não do casal, claro que que me tornei seus colegas, mas é só, saímos, confraternizamos quando nos encontramos, mas não partilhamos muito.  Por mais que eu tenha vontade e tenha me colocado a disposição, quase não participei ou participo da estruturação do sonho.
Crie este blog para ser MADRINHA de verdade, ou seja sonhar com os noivos e ajudá-los a realizar, amo meus amigos e queria fazer tudo de verdade, para mim, ser madrinha vai muito além de uma amizade de saídas, viagens, de ficar em casa de bobeira; as madrinhas devem ser irmãs de alma, pessoas que vão estar ao lado dos noivos sempre, e não ao lado noiva ou do noivo, mas ao lado do casal, fazendo torcida positiva, se alegrando com as conquistas, e sendo um ombro amigo nas dúvidas e tristezas…

Eu ganhei o presente de ser essa madrinha de verdade da Cris e do André, eu recebi o convite de ser testemunha de um casal que sempre pensei e desejei que se amassem para a vida inteira, que sentiam liberdade para conversar comigo, eu fui a pessoa que desde o primeiro beijo do casal já torcia para que desse certo; fui eu quem vibrou  quando ela foi pedida em namoro, depois com o noivado...

Aceitei a missão de ser madrinha dessas pessoas que são muito especiais em minha vida, e quando aceitei, a minha ideia era que se um dia, o casal tivesse alguma dificuldade, eu madrinha iria aconselhar, ajudar, e teria toda a liberdade do mundo, pois sou amiga para a vida inteira! Mas infelizmente a vida é uma caixinha de surpresas nem sempre agradáveis; confesso que uma das notícias mais difíceis que recebi, foi o anúncio do fim da união de pouco mais de 10 anos, pois foi um sonho que vi nascer, que ajudei a alimentar e que não vou ver realizar. Não que eu não deseje a felicidade de cada um e o melhor para cada um, não que eu não desejasse ajudar a reconciliação dos ex noivos, não que meus ombros e ouvidos não estejam disponíveis 24h por dia para ambos, mas infelizmente descobri que nessa situação, mesmo que você não queira assumir um lado, ele é reservado para você.

Amigas queridas, não sei honestamente o que fazer quando se deixa de ser Madrinha, ainda estou buscando respostas. O que sei é que a partir desse post, não irei mais postar sobre o futuro do casal Cris & André e de minha saga. Ficam aqui registrados partes desse sonho, como um livro de consulta. 
O mundo dá inúmeras voltas e tenho certeza de que em breve estarei novamente postando sobre a união da Cris e feliz pelo meu novo convite, se assim for da vontade de Deus.

Bjocas

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Selminha e Fellipe (2)

Olá meninas,

Como prometido na semana passada, hoje vou contar sobre a roupa, cabelo, make e par no noivado da Sel e Felippe.

Estava em dúvida sobre o cabelo com flor, como o tempo não estava de sol, decidi dispensar a flor e usar um arquinho com arranjo no mesmo tom do vestido.
Meu cabelo foi uma novela, eu fiz luzes 2 dias antes do noivado e não matizei pois fiquei com medo de ficar verde, portanto meu cabelo estava ressecado e ruivo. E para melhorar nem eu nem a Marina levamos secador e fixador. Assim ficou o resultado improvisado.


A maquiagem optei pelos olhos lilas como havia testado, só não esperava que os flashes me deixariam mais branca que sou, um truque que aprendi após toda palidez é: quado a maquiagem for para receber flash use um tom acima no pó. (Nunca mais errarei, kkk)

Quanto ao meu par... vocês sabem que não namoro, e não queria ir sozinha, tão pouco de trio para o noivado; assim quando um amigo de muitos anos da igreja também foi convidado fiquei mega feliz. Decidimos ir juntos, e por ordem natural seríamos um par (não um casal).

Além de nossa amizade de anos, o que destaco é a gentileza e a gentileza do Gabriel, como conversamos antes da viagem sobre que roupa usar, ele me ouviu ... apesar do noivado ser informal é um noivado, portanto nada de camiseta, calça jeans e tênis, essa foi minha orientação.
Assim, o Gabriel levou 2 camisas, uma calça social, uma calça jeans e uma camiseta polo e me permitiu escolher a que ele deveria usar. Claro que escolhi camiseta polo e calça jeans (apesar da camiseta ser verde e ter listras horizontais).
Usei o vestido comentado no post, escolhi a cor rosa antigo, por ser discreto, ele tem detalhes em renda  nos ombros e na barra e comprimento no joelho, ele tem botões o que me permitiu regular o decote, como da para ver na foto abaixo escolhi um cinto bege para marcar a silhueta e sapatos vermelhos, para não ficar com look freirinha (infelizmente não tirei foto de corpo inteiro, esqueci).

O noivado foi muito agradável, todos os amigos estiveram inspirados, e o Gabriel foi um excelente par, ajudou os noivos, me acompanhou no buffet e etc...


Espero que vocês tenham gostado, que sigam a dica do pó, que não esqueçam fixador e secador (kkk) e mais: sempre estejam bem acompanhadas.


Bjocas

Siga por Email